26.5.13

Diário de Bordos, Quepos, Costa Rica, 25-05-2013, III

O melhor restaurante de Quepos - pelo menos dos que experimentei até agora - chama-se El Gran Escape. Não sei o que significa o nome, deve estar relacionado com a pesca (ou com o filme, seria tão bonito,  alguém dar a um restaurante o nome de um filme que não Casablanca, Rick's ou coisa que o valha). Infelizmente, por uma curiosa coincidência é também o mais caro. Mas não são nem a qualidade nem o preço o que mais me intriga neste restaurante; nem a decoração: se eu tivesse um milhão de dólares por cada restaurante igual a este que já vi seria multimilionário.

O que realmente me intrigou no Gran Escape foi: como fazer para que um restaurante que no fundo é igual a milhares doutros seja único? Há vinte mil Gran Escapes no mundo, mas cada um é diferente do outro. E eu gostava de saber como, ou pelo menos porquê.