25.8.13

Amor, mutilação

O amor é uma medida daquilo que não temos, não somos. Amo-te: preciso de ti; amo-te muito: preciso muito de ti. Fazes-me muita falta.

O amor é a medida da nossa incompletude, imperfeição, mutilação.