19.9.13

Pedido

Em breve terei cinquenta e seis anos, estou às portas da velhice, eu sei; e apesar de tudo só há uma coisa que quero pedir: nunca ninguém me deixe usar um rabo de cavalo, por favor.