31.5.14

Serendipity, Lisboa

Não há um equivalente português para serendipity.

Talvez haja: Lisboa.

(Isto precisa de um desenvolvimento.

Talvez haja: ir almoçar ao restaurante Águas Livres umas sublimes pataniscas de bacalhau com arroz de feijão não menos sublime; descobrir o Quinta do Grifo Reserva 2008, um vinho pelo qual regressarei a Portugal esteja onde estiver, Lua incluída; acabar o almoço com um Marc de Champagne que ajuda a perceber que os franceses fazem certas e determinadas coisas melhores do que nós, e entre essas coisas estão a manteiga, a aguardente e duas ou três outras que eu conheço); sair do restaurante e dar de caras com o atelier do Tiago Taron, um dos meus pintores favoritos toutes catégories confondues. Só lhe conhecia as obras de uma exposição na Ler Devagar há muitos anos e vê-las no atelier dá-lhes outra vida, outro contexto e outra dimensão).

Restaurante Águas Livres
Calçada Bento Rocha Cabral, 18
Lisboa (ao Largo do Rato)
Tel.:  213 878 365
rest.aguaslivres@gmail.com