27.5.14

Televisão, democracia

Sou profundamente democrata mas não voto. Lembro-me de uma discussão com um amigo que criticava a televisão. Eu defendia-a. A discussão acabou quando ele me disse, à falta de argumentos: "Merda, Luis, tu defendes a televisão porque não a vês!"

Felizmente o argumento não pode ser utilizado numa discussão sobre a democracia e o voto (no caso da televisão tão-pouco era válido, mas isso é outra história).