26.5.14

Robins dos bolsos

Mais uma em favor das empresas públicas, esses antros de bondade cuja função é redistribuir riqueza (sacam-na dos nossos bolsos para a pôr nos bolsos de quem nelas trabalha): faço uma reserva na TAP. Da estrutura de preços constam uma Sobretaxa de Combustível (165 euros) e uma Taxa de Emissão de Bilhete (15 euros). Alguém seria capaz de me esclarecer de que emissão se trata? Eu nem a reserva imprimo, e se imprimisse os custos seriam meus. E combustível? O preço do bilhete não cobre o combustível? Será que cobre a amortização do avião, ou corro o risco de ficar retido  no aeroporto? Já agora, porque não sobretaxas Salário da Tripulação? E Seguros (salvo seja, claro)? E Publicidade, Custos Adminsitrativos, Fornecimentos e Serviços Terceiros?

E depois há gente que é contra a privatização da TAP. Eu seria mais pelo desaparecimento da TAP, tout court (e nem sequer sou eu quem paga o bilhete).