1.7.14

Zeitgeist

Nunca consegui respirar o ar do tempo. Sempre respirei o meu, por muito fétido e poluído que fosse. Que seja.

Uma merda, é o que é.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.