2.8.14

É BEStial

Ainda é muito cedo para se falar nesta história do BES, claro. A procissão vai no adro. Mas uma coisa ela confirma: a péssima qualidade do jornalismo português, a sua deferência, o respeitinho, a dependência de quem tem poder.

A imprensa em Portugal não é o quarto poder, é o quarto do poder.