21.10.14

Diário de Bordos - Lisboa, 21-10-2014 (cont.)

Vim à Pensão Amor ouvir um grupo chamado Moi Moi (duas pequenas de vinte anos giras e talentosas). Em algumas das músicas tocava o meu amigo António Vasconcelos Dias. O António é um sublime baterista,  simultaneamente discreto e presente. As miúdas cantam muito bem e são giras.

Quando eu tinha vinte anos Lisboa era muito pior do que é hoje.

Eu também. Milagre é que sejamos os mesmos, tantos anos passados.