20.8.15

Poderes

Há pessoas que atribuem às palavras poderes que elas não têm. Desculpa, por exemplo. Três sílabas que se lançam para o ar, ordenadamente. E depois tudo continua na mesma, como se nada tivesse sido feito.

Ou dito.