13.8.15

Trocas, celebrações e ensinamentos

"...esta tradição secular teve início numa altura em que grande parte dos terrenos agrícolas da localidade pertenciam ao Mosteiro de Santa Cruz e, desta forma, os chamados "frades Crúzios" deslocavam-se até aos "caseiros" por alturas do Verão, para se abastecerem de legumes, cereais e outros víveres que os mantivessem durante o resto do ano. O povo, em troca, recebia celebrações e ensinamentos religiosos e espirituais."

In Diário de Coimbra, 12-08-2015 (Verbatim).

Não sei se é preciso acrescentar muito mais.