16.10.15

Diário de Bordos - Évora, 15-10-2015

Que Portugal está dividido em dois já há muito sabia. "Portugal é Lisboa, o resto é paisagem" não data propriamente de hoje.

Surpresa é a "paisagem" ser tão agradável. Isto continua assim e em breve será Lisboa a paisagem.

........
Hoje vi televisão. Foi a primeira vez em alguns anos e espero que seja a última em outros tantos. Ou mais.

Infelizmente, continuo sem perceber uma coisa: como é que só há quarenta por cento de abstencionistas?

........
O transporte Atenas - Los Angeles já só está pendente de um visa dos Estados Unidos. Quatro meses sem ter de procurar trabalho, quatro meses de mar (com escalas, claro), quatro meses para ir de um mundo ao outro.

Ainda há quem ache que tenho um trabalho instável.

........
Évora é uma cidade adorável que tem o problema de não ter água perto e a vantagem de ter uma livraria chamada Fonte de Letras.

O acrescento, inevitável há alguns anos "e só está a cento e cinquenta quilómetros de Lisboa" é irrelevante, desadequado, desajustado.

........
O psicodrama nacional continua. Cada vez me parece menos provável que António Costa consiga formar governo à esquerda. Por um lado é pena. Por outro estou-me nas tintas. Se alguém me dissesse que um dia me veria defender Passos Coelho tão veementemente eu ter-lhe-ia dito que estava com alucinações.

Assim, sou eu que me sinto alucinado.