31.1.17

Por esse rio abaixo

Questão de nos deixarmos ir por esse rio abaixo, meu amor. Corpos luzidios, água fria porque vem da montanha, pedras ao longo de todo o caminho, sorriso nos lábios e mão na mão.

O resto é conversa: já viste uma pedra parar a água que corre? Eu não e nunca verei.