17.2.17

Mais uma pequena nota à margem

Um daqueles dias de nortada indignada, vingativa, a fazer-nos pagar o bom que tinha sido o dia de ontem na praia, a noite de amor que se lhe seguiu - na verdade começara na esplanada do bar nas dunas -, o pequeno-almoço numa esplanada do Paredão.

Tudo isso se desvaneceu com esta nortada fria, agreste, mordente, que nos separou para sempre: tu não gostas de vento e eu sem ele não sei viver.