13.3.17

Lágrimas, palavras

Um bocado como se as palavras tivessem caras com olhos narizes lábios orelhas e tudo e um gajo escolhesse as que vêm com lágrimas.

É sempre mais fácil pôr as palavras a chorar do que chorarmos nós próprios. Ou seja: chorar por interpostas palavras. As que vêm com lágrimas, claro. As outras escrevêmo-las, para disfarçar.