21.1.18

Exposição, vulnerabilidade

Há um fenómeno estranho, perverso, na vulnerabilidade: é quando estamos frágeis que nos expomos mais.

Como um náufrago se afoga porque tomou por um tronco sólido uma palha, um alpinista cai porque espetou um piton em areia e não numa rocha ou um marinheiro desata cedo de mais os cabos que o prendiam ao mastro.