31.1.18

Vida, um resumo

Nasci ontem, vivi hoje de manhã e agora que a tarde acaba, suave e lenta, pergunto-me "que fazer de outra noite?"