6.5.18

Ingredientes para uma manhã de domingo obnóxia e respectivos diluentes

Muitas pequenas contrariedades irrelevantes e uma grande alegria - os Mojitos do Acal curam mesmo as dores de cotovelo, apesar de serem grandes e pesados -; hesitações existenciais sobre onde almoçar, é um problema recorrente há décadas; confirmação do que pensava a respeito da água nos fundos do P. - uma hora de trabalho logo ao saltar do beliche, já não posso ver aqueles fundos nem que se lá ponham fotografias da Marilyn Monroe -; um diálogo internetiano com uma miúda gira mas longínqua; dúvidas existenciais menos imediatas do que as acima citadas.

Uma flûte de Cava. Ouvi dizer que é um óptimo diluente para manhãs de domingo funestas (apesar de tecnicamente já não ser de manhã ainda é).

........
Pequena nota sobre as qualidades analgésicas dos Mojitos do Acal: quem pensar que foi devido ao repouso nocturno que o cotovelo amanheceu livre de dores não percebe nada da vida e respectivos mecanismos.

........
As Selecções do Reader's Digest tinham uma secção chamada "O riso é o melhor remédio". Esqueceram-se do rum: "O rum e o riso são os melhores remédios" é mais exacto, mais completo e próximo da verdade.

........
Pizza no Coppola.