29.6.18

Palma, milagres

Bom. Afrontemos a realidade: a caminho do Molta Barra peço direcções a uma senhora parada a frente de um café (estava a fumar, nada de interpretações), ela indica tudo direitinho, pergunto-lhe se aqui também se pode comer, diz que sim, "é igual ao Molta Barra" (não é), entro e aquele milagre chamado Palma acontece de novo.

Acontece quando entro num sítio que não conheço, invariavelmente: o milagre de Santa Palma.

[Adenda: chama-se Ca La Seu e é na Calle Corderia 17. Parece que é uma "Cafetería Museo" e "El local con más historia de Mallorca que sigue haciendo historia".]