22.7.18

Alarmes

As manhãs são alarmantes: a porta do frigorífico alarma-se (e -me) porque a deixo aberta; as placas de indução alarmam-se (ditto) porque levanto a frigideira dos ovos numa ou a cafeteira na outra (hoje saiu-se com um alarme novo: a panela estava descentrada!). O telefone alarma-se quando os ovos mal cozidos chegam aos três minutos.

Não há nada nesta cozinha que não se alarme mal me vê chegar.