2.7.18

Histórias curtas

Coitado do António anda desesperado: se promete às mulheres um coração elas chamam-lhe tolo; se lhes oferece mãos "sem coração atrás" chamam-lhe bruto. Ando cheio de pena do rapaz, coitado e disse-lhe:

- E que tal um pontapé no cu?

Mas ele não percebeu, pensou que era ao meu que me referia e levou a coisa à letra. Não é de certeza amanhã que me apanham a ajudar o Toino outra vez; seja quem for, de resto: isto de mãos e corações mais vale deixar às manicures. Percebem do assunto como ninguém, eu incluído.

.........
Vivi dois anos com uma mulher que se cagava cada vez que tinha um orgasmo. A minha namorada de agora não acredita e diz que me vai deixar. Acha que ser mal-fodida é uma merda. Eu respondo-lhe que para mim ser bem-fodida é que é uma grande merda.

........
Uma vez fui a uma puta e vim-me mal pus a pila lá dentro. Ela perguntou-me:

- Já?
- Sim. És demasiado bonita e estava com medo de começar a gostar de ti.

Infelizmente a mulher era feia como os trovões e sabia-o. Deu-me um pontapé nos tomates e deixou-me no quarto aos urros, agarrado a eles.

- Para a próxima escolhe uma mais feia, se encontrares.

........
Uma das vantagens de se foder a bordo de uma embarcação de vela é que podemos deixar a parte física ao mar. Nós ficamos só com o sentimento.