21.7.18

Memórias velhas num café novo

Vim parar ao Novo Café Lisboa, em Santa Catalina. St. Cat para os íntimos. É uma zona da cidade que me interessa pouco. Com a possivel (enfim, comprovada) excepção do 7 Machos nada há nela de particularmente sedutor.

Desconheço como era o velho café Lisboa. O novo traz-me à memória os bares de putas do velho Cais do Sodré, parte do cheiro incluido. Falta-lhe a outra parte: a do cheiro a esperma, cigarros, suor e desejo. Este só tem o odor a mofo, móveis velhos e quebrados, fastio.

Está vazio, ainda é cedo. Espero que assim continue até me ir embora: cheio de putos e miúdas giras, dessas que trabalham nos mega-iates e pensam que St. Cat é um "pólo" perderá decerto o encanto que só a memória melancólica de um velho marinheiro solitário lhe encontra.