16.7.18

Paisagem, melancolia

As paisagens da melancolia são vastas: contempla-as devagar, como se fossem eternas.

Não são: nada dura para sempre. Nem a tristeza, nem o teu olhar.