5.8.18

Ganhar ao sistema

A ideia de Z. é simples. Ele traduz do inglês "to beat the system": "ganhar ao sistema". No fundo, "ganhar ao sistema" consiste simplesmente em confirmar o seu cepticismo, o desgosto que a maioria das pessoas lhe inspirava, a certeza de que o seu nihilismo devia ser mais militante.

Ontem, por exemplo, deixou uma garrafa de vinho no cesto da scooter, simplesmente coberta com uma jaqueta daquelas que os automobilistas devem ter nos automóveis em caso de incidente. Quando voltou a garrafa desaparecera, claro. O sistema ganhara.

"Ganha sempre", pensou quando voltou e encontrou a jaqueta sem nada por baixo. "Mas o importante é não desistir".

Pouco antes tinham-lhe roubado uma scooter toda, porque se recusava a fechá-la a cadeado: "o sistema favorece o roubo de veículos; há que ganhar-lhe" explicou-me quando lhe perguntei por que raio de carga de água insistia em ser roubado. "Mas quem perde és tu", exasperei-me. "Eu sei. Não sou ingénuo, nem masoquista. Só quero provar que estou enganado".