5.10.13

Palavras, actos

Com as palavras pode fazer-se muito mal - bem manejadas são armas terríveis -; ou muito bem - cuidadosamente escolhidas são maravilhosos veículos de afecto, ternura, amizade, amor.

Mas não há uma única palavra, não há um milhão de palavras que tenham a força de um simples acto. Uma imagem vale mil palavras? Um gesto vale uma quantidade infinita delas.

Se alguém te disser amo-te, ou quero-te, ou és uma pessoa maravilhosa e te bater continuamente, foge; pelo contrário, fica com quem não te diz nada mas todos os dias te prova o seu amor, afecto, ternura com um gesto, um olhar, uma carícia, uma presença.

Aprende a acreditar no que vês mais do que naquilo que te dizem.

Aprende a ver.