21.4.14

Futebol, emoções et al.

Não percebo nada de futebol e confesso sem vergonha nenhuma que não quero perceber. Mas acho espantoso que o resultado de um jogo (ou campeonato, vá, que de qualquer forma se não me engano pouco mais é do que um conjunto de jogos) reúna mais gente na rua do que a incapacidade do governo de fazer reformas estruturais. Por exemplo.

Enfim, é uma fonte de emoções.