6.1.15

Árvore seca

Seria preciso que de uma praia a areia o vento o mar o sopro o calor a luz voltassem e assim sílaba a sílaba palavra a palavra se construísse um mundo.

Ao longe o mar, liso como o telhado de um armazém. Não há vento. Arreei o pano. Árvore seca.

 A sec de toile, matelot. Dans le gros temps.



Que se foda a árvore seca. Bebamos à saúde do Rei de França e dos apaixonados.



E à do Jean Françouest de Nantes.



Tiens bon, matelot.



Je suis content.



Je suis le maître à bord.