24.5.15

Jantar improvisado - carne picada em óleo de gengibre

Vale a pena contar porque o resultado ficou surpreendentemente bom (não muito mas inesperadamente bom).

Mal cheguei a bordo pus a carne picada a marinar em vinho tinto. Era um remédio materno contra o sabor a carnum, termo que nunca mais ouvi mas tanta falta às vezes faz. Mais tarde juntei uma boa quantidade de pimenta, paprika e cominhos moídos.

Depois cortei gengibre em bocados grandes e pus a fritar com dois dentes de alho e duas folhas de louro. No mesmo azeite (metade azeite metade óleo de girassol) pus a carne em lume muito baixo, a confitar. O gengibre frito foi para a panela de guandu, uma coisa que parece um híbrido de ervilha e lentilha. Fez muito boa figura.

A carne confitou um bom bocado. Tirei o óleo e fiz um flambé com rum (Flor de Caña, um desperdício).

Pensei que ia ficar uma mistela intragável  mas não ficou. Ainda bem.