14.10.15

Violência

É da violência que falo. Isto é, da ausência. Do silêncio.