28.12.15

Diário de Bordos - Simpson Bay Marina, Sint Maarten, Antilhas Holandesas, 28-12-2015

O habitual chinfrim das segundas-feiras no Lagoonies está a começar e tenho de me ir embora, coisa que me chateia realmente. A luz está magnífica, K. aprendeu enfim a fazer rum punch e tive um dia que merecia prolongamento.

Bebo mais um, vá. As mesas longe da banda já estão todas ocupadas, claro. Mas um dia destes vale bem dez minutos de barulho.

........
Ao meu lado chegou um Ron Holland. IOR, provavelmente 3/4.

Porque é que os barcos de regata resistem a tudo - à idade, aos ratings, às modas - e continuam lindos sempre até morrerem?

........
A banda ataca Hey Joe. Jimi, perdoa-lhes. Não sabem o que fazem.

(O pior é que substituem falta de talento por nível de som elevado, má troca para quem ouve).

........
O meu trabalho no S. M. está quase a acabar. O barco está um mimo.

É tão bom, não é?

Um barco mimado é como uma senhora feliz. Com a diferença que no dia seguinte não nos chateia com a loiça, o vinho ou a janela que está por reparar há uns míseros seis meses.

........
Estou inquieto com J. Devia ter regressado dos Estados Unidos há uma semana.

Não te atrevas, J.

(Parece egoísta,  não é?  Que o que parece se foda).