13.8.17

Símbolos, reedições e valsas

Falemos de símbolos, daquela sublime valsa do Gattopardo com a herdeira da burguesia. A mais bela rendição da história do cinema e provavelmente da dos símbolos também. Porque penso nessa valsa agora, nesta Milão tão longe da Sicília, com um saco ao ombro que ainda há pouco era leve?

Quis ir ver o Duomo por dentro mas a fila era enorme. Fica para a próxima vez, para a próxima valsa.