5.11.17

O princípio do mundo

Uma amiga querida convida-me para jantar. "O que há", acrescenta., prevenindo-me - como se eu não o soubesse - de que não é grande amiga de fogões, temperos e outras preparações culinárias.

Digo que sim, claro. Por ela iria ao fim do mundo, com ou sem jantar. Ou ao princípio.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.