26.4.19

Diário de Bordos - Palma, Mallorca, Baleares, Espanha, 26-04-2019

Dizem os entendidos que não se deve misturar uvas com cereais. O medronho - abençoado seja - não é um cereal e pode ser bebido ao mesmo tempo do que tudo, incluindo boa música e um ambiente porreiro.

Estou na Sandra (salvo seja), na Tasquita da Esquina, que tem bom medronho, boa música, simpatia para dar e vender e quase uma dúzia de boas fotografias, feitas pela supra-mencionada senhora.

Sou um verdadeiro pacóvio: refiro-me a tudo pelos nomes das pessoas e não pelas respectivas designações comerciais. Reflexo de marinheiro mais do que pacóvio: só as pessoas nos interessam. O melhor navio do mundo com um capitão que não lhe está à altura nada mais é do que uma jangada mal-amanhada. E uma destas bem tripulada fica um paquete de luxo.

.........
O meu plano para amanhã de manhã é: dormir. Devo dizer - ou melhor, digo-o com um prazer indelével - que já consigo dormir até tarde, às vezes até às dez da manhã; e quando o faço os dias já não me parecem perdidos. Não sei o que é que mudou - se fui eu se foi o sono se os dias - mas algo não só não está igual como está melhor.

Depois vou ter de mergulhar na marina para pôr um plug (como se diz em português?) no passa-cascos do esgoto do tanque de águas negras. O tanque está vazio, mas a marina é um gigantesco tanque de merda; não faz mal. Chateia-me mais o frio da água. Para a merda basta manter a boca fechada, mas para me defender do frio não posso fechar a pele.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.