20.4.05

Incompreensão

Uma coisa que não consigo perceber: porque é que pessoas que nada têm a ver com a Igreja, que não são católicas e não pensam vir a sê-lo, estão preocupadas com a escolha do Papa? Confesso que este Papa tem para mim a importância que tem o meu primeiro biberon, as fraldas que molhei em pequenino ou o que vai Sócrates comer amanhã ao pequeno almoço.

Contudo, a esquerdalhada anda por aí aos saltos, a dizer que foi uma má escolha. Se fosse, deviam estar contentes: "se o eu inimigo está a fazer um erro, ajuda-o", dizia já não sei quem.

É como se eu me preocupasse com a escolha do novo Dalai Lama. Qu'est-ce que l'on s'en fout, du Pape...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.