15.4.07

Burocracias de base

Li hoje no Público Digital um artigo segundo o qual a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, que faz investigação de alto nível, tem uma máquina da qual necessita urgentemente parada na Alfândega, por questões burocráticas, há três semanas. Não seria possível punir os funcionários responsáveis por estes disfuncionamentos? Não acredito que não haja na lei uma maneira de dar andamento a estas situações - pelo menos, as que eu vivi foram, nas sua esmagadora maioria, devidas à ma-vontade, à incompetência ou à preguiça dos funcionários públicos, não a um qualquer artigo dos regulamentos - que, aliás, eles muitas vezes nem se davam ao trabalho de citar.

Devia criar-se um provedor dos utentes dos serviços públicos - se bem, coitado, imagino que ficasse submergido de trabalho em dois dias úteis...

(O mesmo artigo menciona que a Faculdade recebe os fundos para as suas pesquisas com dois anos de atraso...)

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.