13.10.09

Vitórias, lutas

António Costa ganhou Lisboa com maioria absoluta. O movimento contra a ampliação do terminal de contentores de Alcântara - que, lembro aos mais distraídos, recolheu 18,000 assinaturas em dois ou três dias - tem trabalho pela frente. O Terminal não é do âmbito exclusivo da Câmara - se bem fosse, naturalmente, importante que o Governo não se pudesse apoiar nela - e Sócrates, que eu me recorde, teve uma maioria relativa.

Aquele terminal não é um problema exclusivamente lisboeta - Sines tem muito mais condições para um terminal deep water do que Lisboa.

Não é decerto por acaso que a Mota-Engil foi a empresa de obras públicas que maior crescimento registou na Europa - na Europa, repito. Aquela ampliação é um seguro - caro, prejudicial e absurdo - da vida pós-política de alguns dos nossos governantes. Devemos continuar a lutar contra ela.

3 comentários:

  1. Anónimo18:03

    E lá estarão as ciclovias... uma imensa prioridade... de facto...

    ResponderEliminar
  2. Espero que não. As ciclovias são, digo-o sem qualquer ironia, a última das prioridades em Lisboa.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo09:40

    Tal como a náutica de recreio...

    ResponderEliminar

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.