19.10.16

Passado, cansaço

Por causa desta história do Dylan tenho estado a ouvir a música da minha adolescência. (Excluo Cohen. Não é da adolescência, é da vida).

O passado é tão maçador, não é?

Adenda: claro que podemos sempre contrapôr Zappa, Hendrix, Bowie e meia dúzia de jazzmen desta altura ou antes mas que eu só viria a descobrir depois. Claro. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.