17.1.19

Diário de Bordos - Palma, Mallorca, Baleares, Espanha, 16-01-2018

Estes filhos de um comboio de putas roubaram-me o selim da Órbita, um selim novo, lindo e confortável. Não comprei outro: vendi a burra. Vender não é bem o termo, mas que se lixe. Quando a comprei já sabia que não a venderia mais cara do que agora vendi e quando gastei três vezes o valor da compra em coisas e afinações diversas (entre as quais o selim agora roubado) também. Fiquei só com a Panter, que tem um velho e rodas mais velhas ainda. O meu amigo R. chamar-lhes-ia hijos de una reputa madre e acho que está mais ou menos bem dito. Me cago en Dios, desculpem a auto-citação.

.........
Antiquari, Sifoneria, Ca La Seu, Moltabarra e Biblioteca de Babel. Estive fora cinco dias e parece que foi um mês. 

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.