26.8.09

Palavras

O mar tem palavras suas: ferro, e não âncora; agulha, em vez de bússola; camarote, proa, popa, por ante-a-vante (ou por ante-a-ré); bombordo e estibordo; garrar, fundear, atracar; galope do mastro; amarra, cabos, través, amuras, springs (regeiras, em português); lançantes, travezes; vigia, escotilha, gaiuta, paiol; beliche; balaústre. Um barco (isto é, uma embarcação, ou um navio: no mar não há barcos) tem um vocabulário.

O mar é uma língua, um país: a vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.