7.8.10

Portugal, presente

Portugal vive com um pé no passado e outro no futuro; no dia em que decidirmos ter os dois no presente ninguém nos agarra.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.