23.8.18

Amanhã, esse encanto

Ponto um. Antes de mais nada. Para começar: amanhã há mais. Ainda não acabou. Passo pormenores, mas a) a quilha está no lugar e b) o trabalho (esta fase dele) só fica pronto amanhã.

Bom, todos sabemos uma coisa e eu sabia uma coisa por cima dessa. Todos sabemos que o poder simplificador das palavras se desfaz como um bombom na boca de uma criança gulosa quando elas se confrontam com a realidade. Além disso, eu já sabia que só amanhã poderíamos apertar as porcas ao torque indicado pelo nosso (ou pelo menos meu) adorado surveyor.

Bom. Ficou mais do que isso por fazer, mas a quilha está no lugar e amanhã fica pronta (esta fase).

Se um dia alguém se propuser avaliar o poder encantatório das palavras: olhe com atenção para o potencial de "amanhã".

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.