16.5.09

Erecção

Vai um gajo pela rua e de repente aparece-lhe uma erecção, vinda sabe-se lá de onde. A primeira pergunta que um gajo deve fazer-se é, claro "será esta erecção minha?" e procurar a resposta. "De quem é, se não for?"

É difícil saber a quem pertencem as erecções, na maioria dos casos. Por mim decidi, há já muito tempo, não ligar à propriedade delas, excepto em casos particulares, especiais, raros: aqueles em que se pode dizer não que "é minha", mas "é nossa".

Parece um bocado pateta, dito assim, eu sei. E se calhar é. Mas não sei dizer patetices disfarçando-as de coisas profundas, ou inteligentes. E a verdade é esta: as únicas erecções com as quais, a meu ver, se deve perder tempo é com aquelas que, não sendo minhas, não são de mais ninguém, se não nossas. Isto é, de hoje; não de ontem, nem de amanhã.



Nota: a ideia de erecções que se passeiam sem estar acompanhadas pelos respectivos donos é do filme "Providence", de Alain Resnais.

5 comentários:

  1. A notinha final sobre o Resnais foi para que lhe desculpássemos o delírio imaginativo, Luís? ;-D
    Mas a ideia de que não interessa o «meu» mas apenas o «nosso» já desculpava…

    ResponderEliminar
  2. Anónimo00:48

    isto nada tem a ver com o Providence do Resnais...Como?
    Lúcia

    ResponderEliminar
  3. Anónimo00:57

    qual é o seu propósito, neste tipo de post? engate?

    ResponderEliminar
  4. Há, Luísa, erecções unipessoais, claro. Não sou eu quem vai negar-lhes a existência. São, contudo - e decerto o saberá - as menos interessantes.

    Resnais y est car le film est, vraiment, l'un de mes favoris. Comme vos remarques, par ailleurs.

    ResponderEliminar
  5. Anónimo das 11h57: Recentemente, li uma entrevista de um biólogo que dizia "tudo o que os homens fazem tem como objectivo seduzir mulheres".

    O Don Vivo, que nunca escondeu a sua pertença à metade masculina da espécie, não foge a essa regra.

    Lúcia:
    Kevin Woodford: I've got an erection.
    Sonia Langham: Oh. Wanna do something about it?
    Kevin Woodford: It's not mine!
    (IMDB.com)

    ResponderEliminar

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.