21.3.11

Livro de bordos - 9 (Notas)

Gentille constrói um barco, um barco imóvel chamado "Happy Island". É um barco de areia, conchas de moluscos, rocha, cimento e madeira e zinco à entrada de Clifton Bay. Há meia dúzia de anos não passava de um chapéu de sol de palha, do qual o Júlio fez, como sempre, uma fotografia linda. Bob Marley canta - descubro hoje, tardiamente, que há uma clivagem fundamental no reggae: Bob Marley e os outros - o vento sopra, o calor aquece, o mar azula, o rum aquece, a companhia sorri. Encontrei o compromisso perfeito: amanhã, em Mayreau confirmo.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Não prometo responder a todos os comentários, mas prometo que fico grato por todos.